(83) 9.9621-4142

Notícias

OPINIÃO: Conjuntura de RC expõe PSB construindo alternativa ao PT e o tira de 2020 na Capital pensando Governo em 2022

Publicada em 01/12/19 as 19:10h por IMAPE-PB / Instituto Majoritário de Pesquisas e Estatisticas - 54 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: IMAPE-PB / Instituto Majoritário de Pesquisas e Estatisticas)

Conjuntura de RC expõe PSB construindo alternativa ao PT e o tira de 2020 na Capital pensando Governo em 2022

 
São vários os dados e fatos registrados nos últimos dias envolvendo o ex-governador Ricardo Coutinho, presidente da Fundação João Mangabeira, a partir da Conferência Nacional de

  
“Autorreforma” do PSB a indicar que o líder socialista sinaliza, buscando o debate nacional, levando o partido a construir alternativa ao PT de Lula. Na prática, pelo que fez o presidente nacional de apontar Gervásio Maia como pré-candidato em João Pessoa, Ricardo aponta seu futuro para disputar o governo em 2022.

 
Esta é a síntese a partir do encontro nacional do PSB no Rio de Janeiro deixando claro o posicionamento ideológico do partido em nível nacional buscando dialogar com a América do Sul, estágio que o PT há anos levou Lula e o Brasil a liderarem uma frente de esquerda do continente, e esta é a ambição de RC como dirigente da instância de formulação de ideais do PSB, em contra-ponto ao PT.

 

CASO JOÃO PESSOA

Este contexto, na prática, tira Ricardo do front da disputa pela Prefeitura de João Pessoa como candidato ao ser pré-lançado o nome de Gervásio Maia com ele condutor da bandeira socialista na Paraíba e no Brasil. A partir desta realidade são vários os efeitos, inclusive na Capital, embora Gervásio tenha efeito diferente de Ricardo.

 

SINAIS DO CONTRA-PONTO AO PT

Ricardo Coutinho chamou a atenção quando censurou o discurso de Lula ao deixar a prisão, pois considera que o ex-presidente está em desconforme com a expectativa ampliada de setores sociais considerando o tom rancoroso, ao invés de agregador.

 

Chamou a atenção a abordagem dele na inserção continental. O olhar do presidente da Fundação João Mangabeira projeta “o PSB devendo ser um partido que interaja com o resto do mundo e, particularmente, com a América do Sul”.

 

Ele foi ambicioso até.” Nós somos parte do que está acontecendo no Chile. Estamos alegres com a derrota do neoliberalismo na Argentina e sofrendo pelo resultado das eleições no Uruguai. Somos irmãos do povo indígena da Bolívia, que hoje enfrenta uma ditadura terrível. Temos que nos unir às forças progressistas desses países e de países europeus, principalmente de Portugal”.

 

PARAÍBA EM OUTRO CONTEXTO

Ricardo trabalha sem a agenda de pré-candidato a prefeito da Capital passando a trabalhar a sucessão em todo estado levando a bandeira do socialismo como fator de maior dedicação visando 2020 marcando posição à esquerda.

 

Agora, vamos entender os diversos outros fatores, a partir da decisão partidária do governador João Azevêdo, fator importante, bem como os efeitos de situações imponderáveis como a Operação Calvário e outras ações jurídicas em curso.

 

Na essência, RC ambiciona a Paraíba velha de guerra, mas de olho no Palácio da Redenção. Ele aposta nos efeitos sociais a seu favor.

 

QUEM É QUEM

A Paraíba se fez presente na reunião do Rio com as presenças do senador Veneziano Vital do Rêgo, do deputado federal Gervásio Maia, dos deputados estaduais Buba Germano, Jeová Campos, Estela Bezerra e Cida Ramos, e da prefeita de Conde, Márcia Lucena.

 

Eis o saldo da nova fase socialista.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








LIGUE E CONTRATE

83-3453-2629 / 9.9621-4142

Copyright (c) 2019 - IMAPE-PB / Instituto Majoritário de Pesquisas e Estatisticas - Rua: Capitão João Pedro - 402 - Centro, CEP: 58.970-000 - Conceição/PB - Telefones:(83) 3453-2629 / 9.9621-4142